Exame de colonoscopia: 10 dúvidas comuns



Fundamental na prevenção e diagnóstico precoce do câncer de intestino, o exame de colonoscopia também serve para identificar úlceras, inflamações, pólipos e demais problemas relacionados ao intestino.

Ainda há muitos mitos e dúvidas sobre o assunto. Por isso, preparamos esse conteúdo para te ajudar e esclarecer as principais informações sobre o exame de colonoscopia. Boa leitura!

O que é e como funciona o exame de colonoscopia?

O exame de colonoscopia consiste na observação do interior do intestino grosso e do reto. O principal objetivo é detectar possíveis doenças ou demais problemas nessas regiões.

O exame pode ser feito em casos do aparecimento frequente de sintomas, como:

  • sangue nas fezes;
  • diarreia;
  • perda de peso sem motivo aparente;
  • dores frequentes no abdômen.

Durante o exame, é inserido um tubo com uma microcâmera a fim de observar todo o intestino grosso e o reto.

A partir daí, o médico introduz o colonoscópio (tubo) no reto do paciente e através da câmera analisa se há alguma alteração no intestino ou mucosa. As imagens são transmitidas em um monitor, facilitando a visualização durante o procedimento.

Caso sejam identificadas lesões ou alterações, o médico poderá colher o material para biópsia.

Confira a seguir as 10 dúvidas mais frequentes sobre o exame de colonoscopia

  1. O exame de colonoscopia é feito sob anestesia geral?

O exame de colonoscopia é ,na verdade, feito sob sedação, para que assim, o paciente possa dormir durante todo o exame e não sinta nenhum tipo de dor ou desconforto.

    2. Como é o preparo para o exame de colonoscopia?

48 horas antes do exame, os médicos costumam recomendar aos pacientes, uma alimentação leve e equilibrada, evitando alimentos gordurosos. 

Também pode ser receitado algum produto laxativo, para que seja feita a limpeza do cólon, facilitando a visualização da mucosa do intestino. A ingestão de água também é fundamental para evitar a desidratação.

    3. Existe alguma contraindicação para o exame de colonoscopia?

Antes de solicitar o exame, o médico sempre avalia o quadro clínico do paciente e se apresenta outras condições de saúde.

 Há alguns casos, em que o exame não é indicado, são eles:

  • cirurgia abdominal recente;
  • diverticulite recente;
  • dificuldade respiratória;
  • gravidez;
  • arritmias
  • insuficiência cardíaca descompensada.
  • 4. Em caso de histórico familiar de câncer de intestino, devo realizar o exame mais cedo?

Pessoas com histórico familiar de câncer de intestino, podem precisar iniciar a realização de exames a partir dos 40 anos de idade. Além disso, os exames devem ser feitos com maior frequência.

      5. O exame de colonoscopia pode ser perigoso?

A colonoscopia é um exame muito seguro. Porém, como todo e qualquer procedimento médico, há uma pequena taxa de complicações, de 0,2%, segundo o Manual de Saúde.

     6. O exame de colonoscopia pode ser realizado em gestantes?

O exame de colonoscopia só deve ser feito por gestantes em casos de indicação do médico. Se realizado, deve-se tomar todos os cuidados necessários com ainda mais atenção, afinal, também há o processo de sedação.

    7. É necessário interromper os medicamentos?

Alguns dos medicamentos podem ser utilizados normalmente, no entanto, alguns deles podem ser suspensos. Vale reforçar que essa orientação deve ser realizada pelo médico antes do momento do exame.

Também é importante lembrar de avisar o médico sobre alergias e reações anteriores a determinados medicamentos.

    8. É necessário estar acompanhado para fazer o exame?

Sim, para realizar o exame, é necessário a presença de um acompanhante. Isso se deve à sedação. Portanto, não é indicado que o paciente dirija após o exame de colonoscopia.

    9. Quanto tempo leva o exame de colonoscopia?

O exame de colonoscopia dura em torno de 15 a 30 minutos, podendo variar conforme os procedimentos realizados durante o exame, como biópsias, polipectomias, etc).

   10. Existe algum efeito colateral?

Os efeitos colaterais do exame de colonoscopia podem variar conforme o paciente e o tipo de medicação utilizada. No momento da preparação intestinal, alguns pacientes podem sentir enjoo, náuseas ou sensação de estufamento.

No entanto, complicações mais graves são raras, afinal, o procedimento é bastante seguro.

Em caso de sintomas, consulte seu médico e veja se é indicado ou não realizar o exame de colonoscopia. Mesmo sendo seguro, é fundamental ter a orientação de um profissional.

Conte com a Dagostin

Precisa de ajuda? Conte com a equipe de profissionais da Clínica Dagostin.

Os nossos especialistas possuem grande experiência na realização do exame de colonoscopia. 

Clínica Dagostin: Desde 2016, cuidando da sua saúde gastrointestinal.

Entre em contato conosco clicando aqui e agende uma consulta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *